Muita gente, ao dispender de certa quantia em dinheiro, pode confundir a diferença entre os termos “gastar” e “investir”. Então, para ficar mais claro, estamos aqui para te mostrar a real diferença entre gastar e investir.

  • Gastar

Gastar é, sim, uma forma de você usar seu dinheiro. Mas, para tornar mais simples, vamos usar o tempo como um exemplo. Na explicação mais direta, gastar é colocar seu dinheiro onde muitas vezes podemos não ter retorno, ou aplica-lo em atividades e bens que não agregam nenhum (ou pouquíssimo valor). É aí que usamos o tempo como exemplo. Aplicar o tempo em atividades que não nos trazem muito resultado é “gastar tempo”, já que ele não volta e não vai nos dar (ou vai dar pouco) algum retorno para nossas vidas. É por isso que falamos em usar o tempo em coisas úteis, certo? O mesmo vale para o dinheiro: pra quê gastar dinheiro em coisas que não vão satisfazer pessoalmente ou trazer algum benefício? Dinheiro e tempo são preciosos, lembre sempre!

  • Investir

Investir é colocar seu dinheiro em algo que lhe trará retornos, seja a curto, médio ou longo prazo. Podemos usar o exemplo do tempo? Claro! Se você, por exemplo, começa a fazer um curso de especialização, está investindo em você para ter um retorno futuro, não acha? Investir tempo em você é uma forma de investimento (conhecido como “investimento pessoal”). O mesmo vale para o Consórcio Unilance: se você entra para um grupo de Consórcio da Unilance, seja para imóvel, carro, caminhão ou avião, está investindo em um bem que lhe trará um retorno pessoal e/ou profissional ao fim das parcelas.