200km/h é uma velocidade que assustaria a maior parte das pessoas, certo? Agora imagine isso de bicicleta. Parece surreal, não? Mas não é! O ciclista Evandro Portela, patrocinado por nós, da Unilance, alcançou a espantosa velocidade de 202km/h. Essa façanha praticamente inacreditável, foi realizada na BR 277, entre Curitiba e São José dos Pinhais, Evandro pedalou até atingir os 50Km/h e então entrou no vácuo do carro e acelerou até atingir a marca final. Haja folego e força nas pernas, não é verdade? O carro foi preparado para isso, um Subaru WRX 4X4 350 CV turbo que, obviamente, foi pilotado por um motorista com experiência em alta velocidade, havia também uma carenagem de acrílico estruturada para criar um “vácuo”, protegendo nosso ciclista da barreira do vento.

A bicicleta usada era uma comum de estrada, a diferença era que todos os rolamentos eram de cerâmica, para reduzir o atrito e suportar a velocidade; a roda da frente era de alumínio, que é mais pesada e estável que uma de carbono; os raios da roda traseira eram achatados, para uma menor resistência com o ar; a roupa foi desenvolvida para cortar o vento, e os pneus eram do modelo Grand Prix 4-Season, que não furam. E ainda havia a grande estrutura de segurança e apoio que foi montada por Ecovia, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR) e Prefeitura de São José dos Pinhais, na Rodovia BR 277, no Paraná, ou seja, o atleta estava bem protegido e seguro para realizar o feito. Abaixo vai o comentário dele à assessoria de imprensa

“É uma emoção muito grande, um sonho conquistado e um grande desafio. Não foi fácil, enfrentei um vento contra de 20 km/h, que dificultou muito a minha progressão de velocidade. Quando estava em 190 km/h já não enxergava mais nada, a roda traseira já estava no ar, mas consegui controlar a bike e manter Persisti e batemos a marca! Foi muito difícil, mas compensador”.

E como se essa marca já não fosse suficientemente extraordinária, o atleta não demonstra interesse em descansar e já lançou o próximo desafio: chegar a 280 km/h, impressionante, não? E ao vermos sua postagem no Facebook, que fez logo após o desafio na BR 277, podemos ter uma ideia de onde isso pode acontecer, Bonneville Salt Flats, um deserto de sal nos Estados Unidos, popular entre atletas e competidores, pois normalmente é palco de desafios de alta velocidade e corridas com veículos que chegam a ultrapassar os 1000 km/h.
Depois de coletarem todos os dados e imagens, os juízes do Guiness Book avaliarão de forma online para, então, colocar o nome de Evandro no livro dos recordes. Parabéns, Evandro, a Unilance continuará torcendo por você.